Os desafios na alimentação da sociedade brasileira

De acordo com o Ministério da Saúde, 15 pessoas morrem de desnutrição por dia no país. Por isso, é fundamental enfrentar os desafios na alimentação.

A partir da leitura dos textos motivadores e com base nos conhecimentos construídos ao longo de sua formação, redija um texto dissertativo-argumentativo em modalidade escrita formal da língua portuguesa sobre o tema “Os desafios na alimentação da sociedade brasileira”, apresentando proposta de intervenção que respeite os direitos humanos. Selecione, organize e relacione, de forma coerente e coesa, argumentos e fatos para defesa de seu ponto de vista. Não se esqueça: seu texto deve ter mais de 7 (sete) linhas e, no máximo, 30 linhas.

TEXTO 1:

Disponível em: https://noticias.r7.com (adaptado).

TEXTO 2:

Ao longo do século XIX a escassez de alimentos era uma das mais sérias ameaças à reprodução do capitalismo, trazendo à tona o Fantasma Malthusiano. A teoria de Malthus não se confirmou ao longo do século XIX e XX. Graças ao progresso tecnológico a produção de alimentos cresceu mais do que a população, a qualidade de vida melhorou, as pessoas passaram a viver mais tempo e a se alimentar mais. Ainda assim, a sociedade não foi capaz de resolver o problema básico e secular
da alimentação, e no início do Século XXI a FAO (Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação) registrava 800 milhões de pessoas vivendo em situação de insegurança alimentar.

Disponível em: http://www.fao.org (adaptado).

TEXTO 3:

Um aspecto muito negativo da alimentação no Brasil é o alto consumo de açúcar e alto consumo de sal. Uma pesquisa do IBGE mostrou que a proporção de indivíduos com ingestão de sódio acima do nível seguro foi de 89% entre os homens e de 70% entre as mulheres adultas. Os alimentos com a maior concentração de sódio são as carnes salgadas e as processadas – presuntos, salames, salsicha, mortadela, etc. –, os queijos e os biscoitos salgados. Entre os adolescentes destaca-se a alta frequência de consumo de biscoitos, linguiça, salsicha, mortadela, sanduíches e salgados e os valores per capita indicam um menor consumo de feijão, saladas e verduras.

Disponível em: http://www.firb.br (adaptado).

TEXTO 4:

Nove a cada dez países, entre eles o Brasil, estão à beira de uma epidemia de saúde conhecida como “carga dupla da má nutrição”: obesidade e desnutrição convivendo lado a lado. Entre as diversas causas disso estão a ampla oferta global de alimentos não saudáveis, o aumento do trabalho em ambientes sedentários e o uso crescente de meios de transporte e de entretenimento em telas. É comum notarmos essa dupla carga não apenas dentro de comunidades, mas em uma única família - ou uma única pessoa, que pode estar obesa e, ao mesmo tempo, não estar ingerindo nutrientes vitais. Há também o fenômeno do “gordo-magro”: pessoas que parecem ter um peso saudável, mas que carregam em seu corpo grandes quantidades de gordura escondida.

Disponível em: https://www.bbc.com (adaptado).

Não perca nada!

Insira seu e-mail no campo abaixo para receber conteúdos e dicas da redação do ENEM direto na sua caixa de mensagens. Não se preocupe, não fazemos spam!

Conheça o CoRedação

Correções super detalhadas, curso completo, apostila, conteúdos exclusivos e mapas mentais para turbinar seus estudos para a Redação do ENEM 2021.