24 Possíveis temas do ENEM 2020

O tema da Redação é sempre um enigma que todo estudante quer desvendar. Por isso, nosso time de especialistas selecionou alguns temas possíveis para o ENEM 2020.

Escrito por Raquel Lima
Atualizado em 28 de Agosto de 2020

Se tem um superpoder que todo vestibulando quer ter é o de adivinhar os temas do ENEM, não é mesmo?

Todo ano milhares de estudantes ficam com medo da Redação do ENEM, principalmente porque ela tem grande peso na nota final e influencia bastante na aprovação em universidades.

Para te ajudar, nosso time de especialistas analisou diversos temas e selecionou 24 possíveis temas do ENEM 2020!

Nas últimas edições do ENEM, os temas escolhidos sempre foram problemas sociais que afetam de alguma maneira toda população brasileira. Esses impasses podem ter surgido no passado e persistirem ou serem questões atuais. Assim, o tema da redação nunca é totalmente desconhecido.

Por isso, é fundamental estar sempre ligado em notícias e reportagens para se ter noção do que pode ser assunto da prova ou não.

Mas é importante deixar claro que, historicamente, temas polêmicos não são escolhidos como tema da prova, como a Reforma da Previdência ou o Novo Coronavírus por exemplo.

Agora pega papel e caneta para anotar os assuntos que você precisa ficar de olho esse ano!

Educação a distância e seus desafios no Brasil

A pandemia do novo coronavírus fez com que a vida de brasileiros e de milhares de pessoas do mundo mudasse drasticamente. Do dia para a noite o termo "home office" ficou conhecido entre os trabalhadores e as escolas precisaram ser fechadas para evitar aglomeração.

A discussão sobre Ead (Educação à distância) não é novidade, mas certamente a pandemia fez com que a necessidade dessa nova modalidade de ensino fosse pensada, já que diversas escolas continuaram com as aulas por vídeo ou até mesmo em lives.

Os entraves no combate ao suicídio na sociedade brasileira

Segundo o Ministério da Saúde, 1 brasileiro cometeu suicídio a cada 46 minutos em 2016. Com números alarmantes no Brasil e no mundo, é cada vez maior a necessidade de se pensar em ações e políticas públicas para diminuir esses casos.

E não só eles como a depressão, a ansiedade e outros transtornos existentes. Por isso, é fundamental discutir sobre a saúde mental.

O problema da violência nos estádios de futebol brasileiros

O Brasil é conhecido no mundo todo como o país do futebol, nacional e internacionalmente. Entretanto, não são poucos os atos violentos entre torcidas organizadas, principalmente em jogos clássicos.

É preciso, portanto, conscientizar a população para que prevaleça o espírito do esporte e lazer em seu sentido mais positivo, visto que a violência nos estádios não combina nem dentro nem fora de campo.

O movimento antivacina no Brasil: uma questão de saúde pública.

O Brasil é conhecido internacionalmente por sua campanha de imunização de doenças. No entanto, é cada vez mais crescente - não só aqui, mas em todo mundo - o movimento antivacina, principalmente por parte de pais que não querem vacinar seus filhos.

Com isso, doenças que antes estavam erradicadas estão reaparecendo, como o Sarampo. Em tempos de pandemia, é fundamental refletir sobre a importância das vacinas e o impacto que elas podem provocar na sociedade.

Os desafios trabalhistas na sociedade brasileira

No contexto da Covid-19 e necessidade de evitar aglomerações, diversos entregadores viram no tempo de crise uma oportunidade de ganhar dinheiro através de delivery.

Apesar do discurso de empreendedorismo e da independência financeira, é fundamental refletir sobre questões trabalhistas desses funcionários, que não possuem nenhuma assistência por parte das empresas.

A automedicação como hábito na sociedade brasileira

O ato de sentir dor e ir à farmácia mais próxima para comprar um analgésico é comum. Entretanto, é preciso estar atento a esse hábito cada vez mais frequente entre os brasileiros, visto que é possível que o paciente esteja mascarando uma doença grave com a automedicação.

Por isso, é fundamental refletir no impacto do crescimento da indústria farmacêutica no mercado e no incentivo cada vez maior do consumo de remédios sem prescrição médica.

A mobilidade urbana em discussão no cotidiano brasileiro.

De acordo com estudos da Ibope Inteligência, o paulistano perde quase 3 horas por dia no trânsito. Esse fato é consequência da falta de estudo com relação à melhor alternativa para transporte no Brasil.

Muita gente prefere se locomover de carro, justamente porque o transporte público é desconfortável e sofre com atrasos. Entretanto, é o grande fluxo de veículos nas Avenidas que geram o engarrafamento e, portanto, a poluição.

A questão da valorização dos índios entre os brasileiros

Os índios foram os primeiros habitantes que tiveram contato com os portugueses aqui. Como bons anfitriões, eles foram amigáveis com os europeus, mas não se pode dizer o mesmo do contrário. Tribos foram dizimadas e desapareceram.

Hoje, os índios ainda precisam lutar por espaço e por direitos, tão básicos, mas que parecem ter sido perdidos desde o momento em que os portugueses os viram.

O desafio de combater o bullying no ambiente escolar.

Além do problema da violência física nas escolas, o bullying - que é muitas vezes disfarçado - tem sido cada vez mais comum. E não só ele: o cyberbullying vem ganhando cada vez mais espaço e preocupando pais e professores.

Por isso, é necessária ampla discussão sobre esse assunto tão pouco abordado mas ao mesmo tempo tão frequente, principalmente em entre os pequenos.

O problema da obesidade entre os brasileiros

De acordo com o Ministério da Saúde, o número de obesos cresceu em 67,8% entre os brasileiros em 12 anos. Os números são altos e crescem a cada ano, por isso a necessidade de conscientizar a população sobre os riscos do sobrepeso.

Não só isso, é fundamental oferecer soluções à população para a melhora da qualidade de vida dos brasileiros.

A questão dos maus tratos aos animais pelos brasileiros

Muitos dizem que o cão é o melhor amigo do homem. Para muitos essa afirmação é verdadeira, mas uma parcela da população ainda maltrata e abandona animais na rua - cachorros ou gatos - principalmente filhotes.

Do outro lado, ainda é alto o número de pessoas que compram animais de estimação, o que gera grande revolta dos defensores da adoção, pois, adotando, é possível tirar um animal da rua e dar a ele um lar. Por isso, é fundamental discutir sobre a venda e o abandono de animais no Brasil.

O desafio no combate a gravidez na adolescência

De acordo com a OMS, em 2016 houve 44 nascimentos para cada mil adolescentes de 15 à 19 anos. Esse dado indica que o índice de jovens engravidando no Brasil é alto, fruto principalmente da falta de informação sobre o assunto.

Para reverter esse quadro, é preciso, principalmente oferecer educação às meninas, alertando-as sobre os riscos de uma gravidez e as responsabilidades que veem com o filho.

Os impactos da crise hídrica no Brasil

A água é um recurso extremamente necessário para a vida humana, mas limitado. Diversos países no mundo sofrem pela escassez de água, e consequentemente, com conflitos e disputas por regiões.

Parte da crise hídrica pode ser explicada pela distribuição desigual desse recurso, mas não somente por isso. É fundamental, enquanto sociedade, estarmos alertas com relação ao consumo de água, seja no uso doméstico ou no industrial.

A persistência do consumo de drogas como desafio mundial

Segundo a ONU, o número de usuários de drogas cresceu 30% nos últimos 10 anos. O primeiro contato com o consumo costuma ser na juventude, quando os jovens consomem principalmente álcool.

É importante destacar que esse consumo deve ser consciente e com responsabilidade, o que não costuma acontecer devido à curiosidade do novo. Portanto, é fundamental pensar no impacto que esse consumo pode provocar na sociedade como um todo.

O esporte como mecanismo de inclusão social

Programas sociais que relacionam-se à prática de esportes são ferramentas importantes para crianças e jovens, principalmente os mais carentes. Além dos benefícios à saúde física e mental, eles são capazes de ensinar disciplina, respeito e obediência a regras, requisitos importantes para a formação do sujeito social.

Assim, a prática de esportes deve ser incentivada e valorizada, visto que ela possui poder transformador entre os brasileiros.

Os efeitos do preconceito linguístico na sociedade brasileira.

A língua é uma ferramenta importantíssima para a comunicação entre indivíduos e sua cultura. Com ela os seres humanos se relacionam e têm a oportunidade de conhecer culturas e diferentes povos.

Entretanto, esse instrumento poderoso também pode ser utilizado de forma negativa, quando carregado de preconceito e segregação contra principalmente pessoas mais humildes. Portanto, é necessário analisar os efeitos deste problema na sociedade.

Os desafios da educação domiciliar no Brasil.

Ainda no contexto da pandemia do novo coronavírus, em que empresas e escolas precisaram se adaptar a nova realidade online, nada mais coerente do que se discutir sobre o problema da falta de estrutura das instituições, isso porque a educação básica pública ainda precisa de muitos avanços na modalidade presencial.

Outro problema em torno da educação domiciliar é justamente a possibilidade de oferecer um ensino de qualidade e igualitário para todos os brasileiros.

Os entraves na doação de sangue no Brasil.

Apesar da transfusão de sangue ser um avanço na ciência contemporânea - que pode, muitas vezes, salvar vidas - é possível perceber que o percentual sanguíneo no Brasil enfrenta grandes períodos de baixa, segundo o Ministério da Saúde.

Isso acontece principalmente porque há impasses na doação por vários motivos, desde a falta do censo de coletividade até o preconceito com relação à sangue de homossexuais. De qualquer forma, essa questão precisa ser discutida com seriedade na sociedade brasileira.

O ativismo nas redes sociais no século XXI

O ativismo é representado pela união de pensamentos, debates, reivindicações e mobilização da sociedade. Na era da internet, é cada vez mais comum encontrar pessoas unidas virtualmente para expressar sua opinião e discutir direitos.

Entretanto, apesar do uso da internet ser importante, é fundamental que os seres humanos tenham limites com relação ao respeito de diferentes posicionamentos e para que discordâncias não se tornem ataques de ódio e ganhe grandes proporções.

A importância da representatividade entre os brasileiros

Diversas são as formas de representar politicamente um grupo ou um povo: música, filmes, séries, programas de TV, etc. Esses recursos, além de servirem como instrumento de representação, têm poder de influenciar a sociedade, positiva ou negativamente.

É preciso, assim, reconhecer a importância da representatividade e valorizar as causas sociais que ganham força e que realmente importam.

A questão da crise no sistema prisional brasileiro.

A situação do sistema carcerário brasileiro há muito tempo é alarmante, uma bomba relógio que está prestes a explodir a qualquer momento. A superlotação, aliada a guerra de facções poderosas em presídios brasileiros e a violência torna a situação deplorável e insustentável.

Ao mesmo tempo, o número de pessoas presas é cada vez maior, apesar da falta de espaço nas cadeias do país. Tudo isso é reflexo da crise do sistema de justiça em lidar com essa questão.


Os desafios no combate e xenofobia no século XXI

Apesar dos brasileiros possuírem fama de hospitaleiros ao redor do mundo, isso não significa que casos de preconceito e xenofobia não aconteçam por aqui. Pelo contrário, além de ocorrem, eles ainda são muitas vezes disfarçados em piadas de mal gosto.

Por aqui, a discriminação não acontece somente com o estrangeiro, mas também com diferentes pessoas de outras partes do território nacional. É fundamental discutir essas questões para acabar com a xenofobia no país.

O impacto dos influenciadores digitais na sociedade de consumo

O número de pessoas se aventurando nas redes sociais é crescente entre os brasileiros de todas as idades. Ao rolar pela tela do Instagram, é possível encontrar todo tipo de conteúdo sobre moda, alimentação, livros, etc. Não faltam influenciadores - os especialistas no assunto que possuem milhões de seguidores e, de fato, influenciam sua audiência.

O consumo de conteúdo online é benéfico para todos, principalmente com relação à educação. Entretanto, é fundamental refletir se essa influência é positiva para os indivíduos envolvidos e se não há abusos por parte dos chamados influencers.

O tema da Redação do ENEM nem sempre é previsível e na maior parte das vezes é um enigma para todos. Mas ficar por dentro dos principais temas do momento pode te ajudar a não travar na hora de escrever sua redação.

Aproveite os temas exclusivos do CoRedação para estudar e se preparar para o dia da prova. Comece hoje mesmo a praticar os possíveis temas do ENEM 2020 para garantir sua aprovação!

Escreva a redação com confiança

Tenha acesso a nossa plataforma funcional e interativa, com correções detalhadas, precisas e conteúdos práticos para facilitar o aprendizado.