O impacto da diferença de gênero na divisão dos afazeres domésticos no Brasil
Temas variados

O impacto da diferença de gênero na divisão dos afazeres domésticos no Brasil

Mulheres dedicam 10,4 horas semanais a mais que os homens nos afazeres domésticos em todo o país. Essa desigualdade geram impactos que precisam ser discutidos.

O impacto da diferença de gênero na divisão dos afazeres domésticos no Brasil

Escrito por Prof. Raquel Lima

Atualizado em 27 de Junho de 2022

A partir da leitura dos textos motivadores e com base nos conhecimentos construídos ao longo de sua formação, redija um texto dissertativo-argumentativo em modalidade escrita formal da língua portuguesa sobre o tema ‘‘O impacto da diferença de gênero na divisão dos afazeres domésticos no Brasil’’, apresentando proposta de intervenção que respeite os direitos humanos. Selecione, organize e relacione, de forma coerente e coesa, argumentos e fatos para defesa de seu ponto de vista. Não se esqueça: seu texto deve ter mais de 7 (sete) linhas e, no máximo, 30 linhas.

TEXTO I

As mulheres trabalham mais horas semanais que os homens: 47h contra 45h, de acordo com dados de 2015. Nos cálculos, entram o tempo dedicado ao trabalho remunerado, não remunerado e tempo de deslocamento casa-trabalho-casa. A composição desse tempo permanece desigual entre os sexos, com as mulheres dedicando 18h por semana a mais aos afazeres domésticos.

Disponível em: http://www.ipea.gov.br

TEXTO II

TEXTO III

Disponível em: https://souestou.wordpress.com

TEXTO IV

De acordo com pesquisa do IBGE, estima-se que em 2018 147,5 milhões de pessoas, 87% da população brasileira com 14 anos ou mais, realizaram tarefas domésticas ou cuidado de pessoas, mas a incidência é maior entre as mulheres, 93%, do que os homens, 80,4%, o que também ocorre entre a parcela de desempregados, com a população feminina trabalhando 11,8 horas a mais do que a masculina.

Disponível em: https://www.redebrasilatual.com.br

TEXTO V

O arranjo tradicional é que o homem é o provedor e a mulher é a cuidadora. Quando passamos a ter uma entrada mais forte das mulheres no mercado de trabalho, começa a haver divisão do trabalho de provimento. Mas o trabalho de cuidados não é compartilhado na mesma magnitude. A resistência à adaptação das rotinas cotidianas nas famílias é atribuída a valores culturais, que podem estar mudando lentamente. Para a socióloga Milena do Carmo, é possível detectar conscientização crescente entre os novos adultos.

Disponível em: https://www12.senado.leg.br

✍️

Partiu praticar?

Receba correções detalhadas em até 24 horas e aprenda a escrever redações sobre qualquer tema.

Apostila Gratuita coRedação

Não perca nada!

Insira seu e-mail no campo abaixo para receber conteúdos e dicas da redação do ENEM direto na sua caixa de mensagens. Não se preocupe, não fazemos spam!

Veja Mais

Fundo Gradiente

Escrever redação não precisa ser complicado

Não seja surpreendido pela sua nota e garanta a aprovação no vestibular neste ano sem perrengue

Footer Logo

coRedação

Plataforma que te ensina a dominar as técnicas da redação do ENEM e chegar mais perto do 1000!

Ícone InstagramÍcone FacebookÍcone Pinterest
Últimos conteúdos

GRQTECH SISTEMAS DE INFORMACAO LTDA 33.841.042/0001-04