7 dicas para escrever o desenvolvimento da redação perfeito
Estrutura

7 dicas para escrever o desenvolvimento da redação perfeito

O desenvolvimento da Redação do ENEM é o coração do texto, pois é a hora de defender seu ponto de vista usando argumentos para convencer o leitor. Aqui você encontra dicas infalíveis para escrever o desenvolvimento impecável!

7 dicas para escrever o desenvolvimento da redação perfeito

Escrito por Prof. Raquel Lima

Atualizado em 29 de Março de 2022

Você já sabe que sua redação do ENEM precisa apresentar a estrutura do texto dissertativo-argumentativo. Não sabe? Então se liga: a redação deve apresentar introdução, desenvolvimento e conclusão.

O desenvolvimento é o momento em que você deve desenvolver os argumentos que você apresentou brevemente na introdução, trazendo exemplos, informações e dados estatísticos que possam embasar seu posicionamento diante da temática sugerida. O ideal é que você apresente dois argumentos, um em cada parágrafo de desenvolvimento.

Nós queremos te ajudar: aqui você encontrará 7 dicas para fazer um parágrafo de desenvolvimento perfeito. Vem com a gente!

Primeiramente é importante que você saiba que existem diversos tipos de argumento, como: argumento de exemplificação, argumento de autoridade, argumento histórico, argumento comparativo ou ainda a apresentação de dados estatísticos para comprovar um fato. Por isso, se liga na primeira dica:

1.Conheça bem os tipos de argumento

É fundamental que você conheça os variados tipos de argumento para escolher aquele que for mais adequado ao tema e aos seus conhecimentos sobre o assunto.

Abaixo você conhecerá cada um deles e encontrará exemplos práticos.

Argumento de Exemplificação

Ele pode ser usado para explicitar o argumento através de um exemplo.

Em um tema como a persistência do racismo na sociedade brasileira o argumento de exemplificação que pode ser utilizado é o caso do músico negro que foi morto com 80 tiros disparados pelo exercito brasileiro no Rio de Janeiro. Esse argumento serve para embasar que o preconceito racial persiste na sociedade, visto a suspeita que um homem negro levantou porque foi confundido com criminosos.

Argumento de Autoridade

É a utilização da fala de uma figura reconhecida sobre o assunto, ou até mesmo o que essa personalidade representa para o tema em questão.

Por exemplo, ainda dentro do tema sobre racismo, é cabível citar Nelson Mandela, visto que ele foi um advogado e militante importantíssimo para a superação dos preconceitos e da segregação racial na África do Sul. É ainda mais interessante citar uma frase que ele tenha dito sobre o assunto, como “Ninguém nasce odiando o outro pela cor de sua pele, ou por sua origem, ou sua religião." de seu livro Longo Caminho para a Liberdade.

Argumento histórico

É aquele que aconteceu em determinado momento da história - seja ele a nível mundial ou particular, como a Ditadura Militar brasileira. É comprovado por si só, visto que é de conhecimento geral.

Um exemplo de argumento histórico para comprovar a persistência do racismo na sociedade brasileira - e de vários países do mundo - é o fato de que a escravidão, principalmente no século XIX com povos africanos, e a utilização dos mesmos como moeda de troca possibilitou que eles fossem vistos por algumas pessoas como inferiores a outras raças.

Argumento comparativo

A comparação é um excelente recurso que pode ser utilizado para deixar ainda mais evidente uma opinião sobre determinado assunto.

Tratando-se de racismo, é coerente, ao realizar a argumentação, afirmar que a escravidão no Brasil ocorreu de forma velada enquanto que nos EUA ela foi muito evidente pela segregação até mesmo de bairros para negros e brancos. Lançando um olhar sob os dias de hoje, observa-se que o racismo no Brasil parece ainda mais fortificado enquanto que nos EUA muitas barreiras já foram superadas, visto que Barack Obama foi o primeiro presidente negro do país.

Fatos (dados estatísticos)

O uso de informações retiradas de veículos de informação legitimados é um forte argumento para o embasamento da posição apresentada pelo candidato.

Por exemplo, afirmar a persistência do racismo na sociedade brasileira e trazer a informação do Atlas da Violência de que 75% das vítimas de homicídio no país são negras fundamenta ainda mais o argumento de que o racismo é um problema que permanece na sociedade.

2. Use conectivos

É fundamental que você conheça os conectivos e saiba utilizá-los de maneira adequada.

Além deles serem necessários para que você consiga 200 pontos na competência 4 do ENEM, os conectivos são capazes de trazer coesão e coerência à sua redação.

3. Faça um tópico frasal com seu argumento

O tópico frasal é a ideia central do seu argumento, aquilo que você acredita ser a situação-problema relacionada ao tema e que será o foco de discussão do parágrafo.

É uma frase breve que sintetiza o argumento que você vai desenvolver ao longo do parágrafo.

4. Problematize

Depois de produzir um tópico frasal com o argumento, é hora de desenvolvê-lo. Por isso, não esqueça que a redação do ENEM sempre trata de um problema e exige que o candidato se posicione diante dele.

Ofereça como exemplo informações como citações, dados estatísticos, entre outros e problematize, ou seja, lance um olhar crítico ao analisá-los.

5. É hora de contextualizar

Além de fazer a problematização do tema com argumentos, é muito importante que você contextualize, ou seja, traga um repertório sociocultural legitimado, pertinente e produtivo.

O repertório é o conhecimento que você adquiriu ao longo da vida escolar - em disciplinas como história, matemática, literatura, etc - ou pessoal, como filmes, livros e séries.

Mas não se esqueça: eles devem ter relação com o assunto abordado!

6. Conclua o parágrafo!

É fundamental que seu parágrafo, assim como a sua redação, apresente início, meio e fim. Por isso, faça a conclusão da ideia do parágrafo.

Se você apresentou seu argumento e trouxe um dado estatístico para comprová-lo, a conclusão é o momento em que você reafirma seu posicionamento e relaciona as duas informações, seu posicionamento através do argumento e a informação apresentada.

7. Faça conexões

É muito importante que você não apresente somente um parágrafo, visto que a estrutura do seu texto deve ser a dissertativa-argumentativa. Por isso, tente relacionar as informações do primeiro parágrafo com o segundo para demonstrar que você é organizado e possui um projeto de texto.

Agora que você já sabe tudo o que precisa é hora de praticar!

O CoRedação possui diversos temas que são nossas apostas para o ENEM 2020 e uma correção detalhada de acordo com as competências exigidas. Não perde tempo e vem fazer parte do nosso time!

Apostila Gratuita coRedação

Não perca nada!

Insira seu e-mail no campo abaixo para receber conteúdos e dicas da redação do ENEM direto na sua caixa de mensagens. Não se preocupe, não fazemos spam!

Veja Mais

Fundo Gradiente

Escrever redação não precisa ser complicado

Não seja surpreendido pela sua nota e garanta a aprovação no vestibular neste ano sem perrengue

Footer Logo

coRedação

Plataforma que te ensina a dominar as técnicas da redação do ENEM e chegar mais perto do 1000!

Ícone InstagramÍcone FacebookÍcone Pinterest
Últimos conteúdos

GRQTECH SISTEMAS DE INFORMACAO LTDA 33.841.042/0001-04