Modelo de Redação sobre Sistema Carcerário Brasileiro

Confira uma redação modelo sobre os tema sistema carcerário brasileiro, veja os argumentos e os repertórios usados para treinar.

Escrito por Raquel Lima
Atualizado em 30 de Março de 2021


O sistema prisional brasileiro encontra-se superlotado e oferece aos detentos péssimas condições de sobrevivência. Por isso, é necessário rever essas questões para resolver este problema.

Por isso, é fundamental discutir sobre esse tema que pode ser abordado na Prova do ENEM. Veja a Redação sobre A questão da crise no sistema prisional brasileiro, compare com a sua redação e se inspire:

INTRODUÇÃO

É evidente que a questão da crise no sistema prisional é um problema que persiste na sociedade brasileira. De fato, similarmente ao que ocorre em "Memórias do Cárcere", - livro de Graciliano Ramos que relata as péssimas condições da população carcerária durante o regime do Estado Novo - é possível observar que o que ocorre no passado se repete no presente. Isso pode ser justificado pelo aumento crescente do número de presos que não foi acompanhado pela construção de presídios, o que gera violência excessiva nas celas e obriga os detentos a sobreviverem em condições insalubres.

DESENVOLVIMENTO

Deve-se ressaltar que a negligência do Governo com relação aos presos provoca uma reação violenta nos presídios. Em 1992 o Massacre do Carandiru, evento marcado pela intervenção policial que causou a morte de 111 presos na invasão da Casa de Detenção em São Paulo para conter uma rebelião, deixou claro que a superlotação das celas e os conflitos entre facções ocorrem pela negligência do Estado para com esse grupo. Isso evidencia um abandono prisional e uma ausência de medidas de reintegração dos detentos, o que pode ocasionar em situações intensas de conflito que confirmam o senso comum de que o preso sai da cadeia pior do que entrou.
Além disso, detentos precisam sobreviver em condições insalubres, principalmente mulheres. No livro Presos que menstruam, Nana Queiroz relata a vida de mulheres que são tratadas como homens nas prisões brasileiras e que precisam viver sem itens básicos como absorventes. A situação torna-se ainda mais delicada para gestantes, que não recebem tratamento médico adequado, apesar da Constituição garantir no artigo 2 que a saúde é um direito social para todos. De fato, o Governo mostra-se negligente ao agir como se mulheres também não fossem presas, pois dententas e detentos devem ter acesso à saúde digno.

CONCLUSÃO

Logo, ações são necessárias para conter essa crise que afeta todos os brasileiros. O Governo Federal, através do Ministério da Saúde, deve oferecer mutirão de serviços de saúde aos detentos (tanto homens quanto mulheres) por meio da promoção de eventos quinzenais com equipes médicas do SUS e oferecimento de serviços de especialidades básicas, como ginecologia e cardiologia, para melhorar a qualidade de vida desse grupo. Assim, o acesso à saúde previsto na Constituição será garantido, da mesma forma que a dignidade dos presos. Cabe também ao Ministério da Justiça e Segurança Pública construir mais presídios a fim de resolver o problema da superlotação das celas e diminuir a violência nesses espaços. Desse modo, situações como as narradas por Graciliano Ramos em Memórias do Cárcere ocorrerão somente no passado.

Confira os comentários de acordo com as Competências do ENEM:


COMPETÊNCIA 1: a redação possui linguagem clara e adequada, de acordo com o que se espera na prova do ENEM. Isso é imprescindível, assim como não cometer desvios gramaticais ou sintáticos. Apesar da redação possuir um problema de ortografia (escrita incorreta da palavra detenta), isso não foi o suficiente para reduzir a nota nessa competência, parabéns! Tenho certeza que você escreveu rascunho e teve cuidado ao revisar o texto para evitar esse tipo de problema, então continue assim!

COMPETÊNCIA 2: o tema é muito bem compreendido, de forma que ele é discutido de forma completa, com conhecimentos de outras áreas (repertórios) muito produtivos - como a citação do livro Memórias do Cárcere e a referência histórica do Massacre do Carandiru. Além disso, a estrutura do texto dissertativo-argumentativo é muito conhecida e isso pode ser visto na construção impecável dos parágrafos de introdução, desenvolvimento e conclusão. Muito bom!

COMPETÊNCIA 3: a partir da leitura da redação é possível ver que o texto foi organizado e pensado estrategicamente pela citação dos argumentos na introdução e ainda pela retomada do repertório na conclusão. Esses dois itens indicam que a redação tem projeto de texto, elemento fundamental para a avaliação nessa competência. Outro ponto que é observado é a respeito dos parágrafos argumentativos. Eles possuem excelentes análises críticas do problema e das possíveis causas e consequências do mesmo, além do uso de repertórios pertinentes. Excelente!

COMPETÊNCIA 4: conectivos são usados de forma impecável no início dos parágrafos e frases, o que indicam a presença de coesão e coerência textual. Os elementos de coesão e outros mecanismos linguísticos (como o "o que") são fundamentais para relacionar as ideias colocadas na redação, não deixando-as soltas e confusas. Isso é importante para garantir uma linha de raciocínio coerente, assim como evitar marcas de oralidade, como citação de palavras no gerúndio ou escrita de frases longas. Felizmente, a redação não possui nenhum desses problemas, o que é ótimo!

COMPETÊNCIA 5: na conclusão, há a ênfase na necessidade de discutir e resolver a questão abordada, propondo duas ações que respeitem os direitos humanos, sejam possíveis de serem realizadas e estejam coerentes com a argumentação desenvolvida. A primeira proposta - que é a mais completa, - detalha quem fará a ação, o que será feito, como será realizado e para que, além de contar com um complemento da da finalidade. Excelente, parabéns!

Bons estudos e até a próxima!

Não perca nada!

Insira seu e-mail no campo abaixo para receber conteúdos e dicas da redação do ENEM direto na sua caixa de mensagens. Não se preocupe, não fazemos spam!

Conheça o CoRedação

Correções super detalhadas, curso completo, apostila, conteúdos exclusivos e mapas mentais para turbinar seus estudos para a Redação do ENEM 2021.